Bem-vindo à MVASCONCELOS.

Aqui, encontrará informações sobre:

  • A – Como gerir a sua encomenda e compra;
  • B – Informações e precauções na encomenda e aplicação de produtos:
    • B1 – Produtos Cerâmicos;
    • B2 – produtos de Banho;
  • C– Boas práticas para limpeza de obra e manutenção dos produtos.

Junto partilhamos informações e cuidados a ter no momento de encomendar, receber ou aplicar os diversos materiais para a construção e remodelação do seu espaço.

Visualize o seu sonho, faça um bom plano, ponha as mãos à obra e Sinta a Casa.

 

A- Gerir encomenda e compra



 

Encomenda de Produtos:

Antes de confirmar uma encomenda reveja todas as referências, modelos, cores e quantidades necessárias.

É importante confirmar todas as quantidades necessárias para obra (incluindo desperdícios). Esta confirmação é essencial para calcular a quantidade necessária de cerâmica para os pavimentos e paredes, bem como para as medidas exatas de móveis de banho, resguardos ou bases de duche. Em baixo, exemplificamos os cuidados a ter. Todas as medidas facultadas são da responsabilidade do cliente. Em algumas produtos haverão sempre ajustes de quantidade para embalagens inteiras (decididos e publicados por cada marca.). É importante confirmar e garantir as quantidades necessárias para finalizar a obra.

Confirme junto da sua loja os prazos de entrega previstos para a encomenda de material personalizado. Os prazos são previstos conforme informações da disponibilidade das fábricas e do normal curso dos transportes marítimos para a ilha. Em caso de constrangimentos nas ligações marítimas para a ilha ou período de férias das fábricas, as datas irão dilatar sem aviso prévio. No caso da receção de algum material com defeito ou quebrado, os prazos para pedir novos produtos tenderá a ser igual ao inicial. Tenha isso em atenção na hora de elaborar o seu plano de receção de material e produção em obra.

Após a sua encomenda confirmada, é avançada após confirmação por escrito e pagamento inicial. Poderá alterar as referências e as quantidades até 24h após confirmação da mesma. Após esse período, todas as alterações serão validadas por cada fábrica sobre essa possibilidade.

O pagamento inicial é obrigatório para o avanço de qualquer encomenda. É apenas descontado e usufruído na compra integral da encomenda a que se refere.

Após a encomenda estar totalmente disponível para levantamento, o cliente tem um prazo máximo de 30 dias para o seu levantamento. A não informação ou contacto do cliente sobre o levantamento de uma encomenda personalizada, poderá levar à condição da comercialização do produto a outra entidade e consequente perca do pagamento inicial. Após os 30 dias poderá ser cobrado uma taxa de armazenamento pelos produtos em armazéns próprios ou terceiros (taxa variável/mês/m2 ocupado).

 

Entrega de Produtos:

Os produtos são disponibilizados em loja para levantamento. Em casos excecionais e de maior volume poderá ser combinado o transporte até ao local.

  • O transporte das cargas nunca inclui TRANSBORDO, DESCARGA OU MONTAGEM. Por favor, agende com os colegas numa altura que tenha sempre alguém para a conferência e transbordo.
  • O local de entrega deverá ter acesso a viaturas ligeiras ou pesadas de mercadorias que possibilite a descarga através de plataforma e movimentação de porta paletes, empilhador ou grua.
  • Marcações agendadas com antecedência mínima de 2 dias uteis e com nomeação de responsável de entrega. É obrigatório e essencial estar alguém no local para o transbordo ou descarga da mercadoria, bem como para a conferência de todos os artigos.
  • Os agendamentos são realizados pela disponibilidade da equipa logística. São marcados dias com uma estimativa temporal do período de entrega. Não nos é possível agendar hora exata de entrega devido às limitações logísticas.
  • A conferência dos produtos é da responsabilidade de quem receciona.
  • No caso da não receção de uma carga transportada (por motivos alheios à MVASCONCELOS), não será reposto novo transporte para a encomenda.

Reclamações por quantidade ou defeito de algum produto, só são aceites no momento da entrega. Reclamações por material danificado ou incompleto após a entrega não serão validadas. Aconselhamos que invista tempo a verificar se os produtos estão em boas condições e se ninguém terá acesso a manipular ou danificar os artigos antes da sua aplicação.

Reclamações de produtos já instalados não são aceites em nenhuma das fábricas e marcas representadas.

No caso de cerâmica partida deverá ser sempre apontado na guia de entrega o sucedido. O material pode ficar em obra para avaliar a sua aplicabilidade. O cliente dispõe de 24h para posterior comunicação à loja pelo meio de comunicação preferível com fotos. Poderá trocar ou receber o credito do material partido caso não consiga aproveitar para aplicação.

 

Garantia de Produto:

As garantias de produto variam conforme o tipo de terceiro (profissional ou consumidor final), bem como as extensões de garantia de cada marca. Nenhuma delas inclui peças de consumíveis ou danos pela utilização indevida dos produtos. As respostas e serviços às garantias são sempre da responsabilidade da fábrica e/ou marca do produto. Junto da nossa equipa poderá ter acesso aos meios mais rápidos e ágeis para que os serviços sejam realizados da forma mais célere.

 

Devoluções ou Trocas:

Não são aceites devoluções de produtos a retalho, sem embalagem ou de encomenda personalizada.

Os produtos em fim-de-stock, descontinuados, em campanhas (condições especiais) ou com validade inferior a 6 meses também não são aceites. Todos os produtos na tipologia de tampas de sanita ou resguardos de banho não são aceites por motivos de higiene e acessórios de montagem.

Restantes devoluções no prazo máximo de 30 dias e após confirmação prévia e com presença do documento de compra e boas condições de embalagem do produto. As devolução são sempre realizadas ao balcão das lojas com a presença das condições referidas anteriormente. Poderá ter penalização até 10%, conforme a tipologia de produto, referente aos custos de receção, analise e re-armazenamento dos produtos.

Aconselhamos que invista tempo a verificar se os produtos estão em boas condições e se são aptos para os espaços pretendidos, antes de abrir embalagens e iniciar a sua instalação.

 

B – Informações e Precauções

 

B1 – Informações e Precauções na encomenda e aplicação de produtos: Na cerâmica:


 

Validação dos produtos – Cerâmica:

Na cerâmica, tenha sempre em atenção ao número de peças necessárias para cobrir toda a zona pretendida, bem como as quebras que poderá existir na colagem, corte, manuseamento ou transporte das peças.

Não encomendar toda a quantidade de uma só vez, irá atrasar os planos de aplicação enquanto aguarda a encomenda de mais quantidade. Poderá não conseguir do mesmo lote e calibre, o que prejudicará a aplicação e imagem do resultado final.

Na cerâmica de aresta natural, não retificada, as medidas reais podem variar das medidas anunciadas no catalogo. Pela norma E14411, em formas modulares, a dimensão das peças cerâmicas podem variar até + / – 4mm das medidas anunciadas. Este facto deve-se à retração entre 5%-8% que as peças sofrem no processo de cozedura. Por este motivo, após cada cozedura, é realizada a avaliação e publicação do calibre e cor (Processo de Escolha). Estas informações são impressas em todas as embalagens de cerâmica juntamente com a marcação CE e/ou certificação. Por esse motivo, a cerâmica é disponibilizada em lotes.

Todas as cerâmicas têm lotes (tonalidades e calibres) diferentes de produção em produção. Para os mesmos modelos, a diferença de lote significa obrigatoriamente tonalidades diferentes e tamanhos ligeiramente alterados.

 

Antes de Aplicar os produtos cerâmicos:

Antes de iniciar o assentamento do material cerâmico, deverá ter em consideração os seguintes aspetos:


  • Verificar se todas as embalagens estão corretas conforme a sua encomenda;
  • Verificar se o material cerâmico é o indicado para utilizar no local selecionado de acordo com as suas especificações e características técnicas;
  • Verificar se existe material suficiente para realizar a obra;
  • Confirmar nas caixas se o produto é da mesma tonalidade, escolha e calibre.

 

Aplicar os produtos cerâmicos:

O bom desempenho do material cerâmico depende fortemente das condições de aplicação. É de extrema importância garantir os seguintes pressupostos:

Suporte: O suporte deve apresentar-se estável, limpo de resíduos, fendas e poeiras. Deverão ser respeitados os tempos de cura e estabilidade dos tratamentos a que possa ter sido sujeito. Deve fazer-se a verificação da planaridade do mesmo, procedendo à regularização, se necessário com a ajuda de produtos adequados a esse fim. Estes aspetos são vitais para pavimentos e revestimentos cerâmicos.

Para obter um melhor efeito visual do produto, aconselha-se a utilização, alternada, de peças cerâmicas retiradas de várias embalagens em simultâneo.

Juntas de Assentamento: Tendo em vista uma perfeita aplicação das peças cerâmicas, deve usar-se obrigatoriamente juntas de assentamento. Estas cumprem importantes funções estéticas e técnicas, facilitando o alinhamento dos materiais, absorvendo eventuais deformações que se possam fazer sentir na estrutura – chão e parede – e impedindo, assim, a transmissão destas deformações às peças cerâmicas.

Aconselhamos a utilização de niveladores aquando da aplicação de material de grandes formatos – 45×120, 35×100, 60×90 e 80×80.
Utilizar as juntas mínimas recomendadas de forma a garantir um bom aspeto estético das peças cerâmicas, bem como respeitar as normas de aplicação. É sempre recomendada a utilização de junta de Fracionamento em pavimentos com áreas superiores a 32m2 ou de um dos lados superior a 8ml.

 

Colas e Argamassas: As argamassas, argamassas de rejuntamento, cimentos-colas e colas a utilizar deverão ter em conta o suporte e o fim a que se destinam as peças cerâmicas – interior, exterior, parede, pavimento – e a sua tipologia – monoporosa ou grés esmaltado.

Deverá seguir as instruções indicadas pelo fabricante sobre a sua utilização. Efetuar sempre colagem dupla, com cimento-cola no chão e no tardoz da peça, em sentidos perpendiculares entre si. Para evitar túneis de cola abertos, assente a peça afastada da posição ideal e arraste-a até à posição final. Para bater, utilize um martelo de borracha branca. Não utilize um martelo de borracha preta, pois pode deixar marcas.

Para peças escuras utilize cimento-cola cinza. Para peças em tons claros use cimento-cola branco. No betume de juntas, utilizar preferencialmente juntas com acção fungicida para evitar manchas escuras. Preparar o betume com a dose de água recomendada. Caso contrário, provocará alteração da cor pretendida. Na aplicação de betume em peças rugosas ou estruturas, é recomendada a aplicação de um protetor na peça para evitar manchas ou dificuldades de limpeza. A limpeza do betume deve ser feita quando o mesmo começa a endurecer. Não usar demasiada água na limpeza, pois irá provocar a descoloração dos pigmentos. Após 24horas, limpe apenas com pano seco ou húmido.

Para garantir mais resistência da junta, aconselhasse a aplicação de um protetor hidrófugo (2 ou 3 semanas após betumação) para preservar as juntas e os seus pigmentos. É altamente recomendável limpar bem as peças cerâmicas antes de betumar as juntas. Para as cores de juntas Antracite e Preta, não aplicar a argamassa sobres as peças de cerâmicas e limpar tudo antes dos 10 minutos após aplicação. Nestes pigmentos, a possibilidade de ferir e manchar peças absorventes é alta. Se limpar as peças e juntas com produtos ácidos ou abrasivos, irá descolorar.


Instruções de Corte e Manuseamento: Recomendamos o corte com arrefecimento de água ou utilização de cortador manual com método de marcação e corte durante o processo de instalação. Na furação deverão ser utilizadas brocas cranianas diamantadas com diâmetro adaptável ao furo pretendido.

 

Proteção e Limpeza:

Imediatamente após o assentamento do material cerâmico recomenda-se que as peças cerâmicas sejam devidamente protegidas. Para remoção de sujidade pós-obra, tais como resto de junta e resíduos de cimentos, recomenda-se a utilização de um ácido desincrustante tamponado para remoção de todos os resíduos. Na manutenção diária poderão ser utilizados detergentes comuns, respeitando as diluições recomendadas pelo respetivo fabricante. Atenção: Não deve ser usado ácido desincrustante puro e/ou que danifique produtos complementares no espaços, tais como inox, ferros ou alumínios.

Relativamente às peças decoradas, dever-se-á evitar a utilização de produtos de limpeza abrasivos, poderão danificar as peças. As peças decoradas através da deposição de partículas de titânio – Genesis, acabamento gold, silver e copper – que lhe conferem um aspeto metálico deverão ser manuseadas com cuidado. A limpeza final e de manutenção deste tipo de produto deverá ser feita com detergentes próprios para metais – abrilhantador de aço inox – de forma a criar um efeito antiestático que possa repelir a sujidade e proteger o produto de gorduras e corrosão. A limpeza regular do produto deverá ser feita com um pano humedecido em água ou limpa-vidros, e após secagem deverá ser passado um pano seco.

 

Nos Produtos Polidos:

As peças das séries de acabamento polido e amaciado exigem um tratamento de aplicação e de manutenção especializadas.
O acabamento POLIDO, para além de ser aconselhado para revestimentos, é também indicado para pavimentos de ambientes residenciais ou comerciais de tráfego ligeiro, não sujeitos a elevada utilização, ou onde não sejam requeridas quaisquer prestações antiderrapantes. A presença esporádica de pequenas não uniformidades ou pontos na superfície deve ser considerada uma característica do material e do seu particular acabamento. Se o produto for colocado em contato direto com o exterior, recomenda-se o uso de soluções protetoras de modo a reduzir a possibilidade de formação de riscos. É da responsabilidade do instalador providenciar sempre a proteção das peças cerâmicas acabadas e limpas, antes da entrega ao cliente, utilizando materiais de proteção adequados (por ex. painéis de aglomerado, folhas de cartão, etc.).
Na sua aplicação deverá ter o máximo cuidado na remoção das argamassas utilizadas para rejuntar. A limpeza deve ser efetuada enquanto as argamassas da junta ainda estiverem húmidas, com um pano ou esponja molhada, devendo-se evitar a utilização de detergentes abrasivos que poderão danificar as peças. Caso as peças apresentem excesso seco de impermeabilizante, a melhor forma de o remover é esfregando com papel ou pano limpo e seco, podendo essa limpeza ser realizada manualmente ou usando uma monoespátula apropriada. Aconselhamos que esta limpeza seja realizada sem nenhum tipo de materiais abrasivos ou contaminantes. Uma eventual limpeza com produtos líquidos pode ser potenciadora na diminuição da eficácia do tratamento repelente e protetivo pretendido com a aplicação impermeabilizante.
A limpeza final e de manutenção do produto deverá ser feito com detergentes próprios para pavimento. Deverá ser usado detergente de alta concentração diluído conforme a indicação do fornecedor, e dependendo do grau de sujidade, a diluição do detergente poderá ter de ser bastante reduzida, podendo em alguns casos chegar à proporção de 1/3 (detergente/água). Esfregar com um pano de limpeza de microfibra.
No caso de o produto apresentar muita sujidade, aconselhamos a que a limpeza seja feita manualmente. Em casos muito excecionais da não remoção da sujidade com o método apresentado acima, recomendamos o uso de uma espuma polimérica branca(Comercialmente conhecida como esponja mágica.) usada apenas com água.

 

B2 – Informações e Precauções na encomenda e aplicação de produtos: No banho:

 

Validação dos produtos – Banho:

Nos resguardos de casa de banho e no mobiliário de banho, tenha em atenção antes de realizar uma encomenda:

 

  • Confirmar as medidas finais dos produtos;
  • Verificar e estudar esquema de montagem;
  • Necessidades de preparação em obra;
  • Se existir produto a embutir na parede, encomendá-los previamente para que possa preparar a obra e tê-los na altura da construção inicial;
  • Guarde sempre uma cópia ou ficha técnica dos produtos;
  • Confirmar cores e tonalidades dos diversos produtos;

Partilhe com a equipa de aplicação todos os produtos e fichas técnicas dos produtos que escolheu. Partilhe a sua ideia e o seu sonho. O debate irá promover a um bom planeamento de todas as peças e especialidades necessárias à obra.

 

Medidas e Cotas gerais de instalação:

De torneiras:

 


De móveis:

 



Como fazer um bom levantamento de medidas para a produção de um resguardo à medida?

Em primeiro lugar, e em todos os casos, será necessário ter em consideração como é a borda da base de duche: sem corte ou com corte (borda reta ou redondeada).

Quando a base não tiver corte (borda reta), será necessário tirar as medidas a partir da esquina. Quando tiver corte (borda redondeada), a medida deve ser tirada a partir do ponto de teminação do corte (curva da borda). Quando tiver compreendido esta questão, poderá começar a tirar as medidas.

  • BASES COM BORDO RETO

    Tirar medida desde o canto até a parede, como mostra a figura:

  • BASES COM BORDO REDONDO

    Tirar medida desde o bordo até a parede, como mostra a figura:

O procedimento poderá depender do estado das paredes e do tipo de base de duche:

 

  • ENTRE PAREDES

    Tirar a medida em 3 áreas diferentes.

  • PAREDES EM ÂNGULO COM BASE DUCHE RECTANGULAR OU QUADRADA

    Tirar a medida desde a parte exterior da base até à parede, como mostra na figura:

  • PAREDES EM ÂNGULO COM BASE DE DUCHE PENTAGONAL

    Tirar a medida pela parte exterior da base até à parede, das cinco medidas que mostra a figura

  • PAREDES EM ÂNGULO COM BASE CURVA (REDONDA)

    Tirar medidas desde a parte exterior da base até à parede e a medida da diagonal da base, como mostra a figura:

    Tenha em consideração que as paredes podem estar fora de esquadria. Por isso, acrescentamos a medida que mostra a figura às que foram tomadas anteriormente.

     

  • BASE DE DUCHE FEITA NO PAVIMENTOAs dimensões são dadas pela parte mais exterior da sua base. Importante mencionar que o duche é feito no pavimento. O resguardo será produzido pelas medidas exteriores à sua base.



C – Limpeza final de Obra

C1. Para Cerâmicas: É recomendada pelas fábricas de Porcelânicos a utilização do detergente desincrustante Ácido Deterdek ref 14.02.220.

  • Elimina sujidades, eflorescências, salitres, calcário e limpa ao mesmo tempo. Não altera a cor dos materiais, respeita as juntas e não ataca os perfis de acabamento.
  • Utilizar diluído até proporção de 1:10. Aconselhamos 1:5 (utilizar 5 vezes mais agua que produto). Cada litro pode limpar até 40 m2.
  • Aplicar apenas em superfícies previamente molhadas. Deixar atuar durante 2-3 minutos e intervir com escova. Limpar abundantemente com água. Pode ser necessário repetir nas áreas mais degradadas.

C2: Para equipamentos de Casa de Banho:

Para produtos em Inox, a limpeza deve ser constantemente realizada com água e um pano simples (apenas), sem que seja permitido de outros elementos ou materiais (detergentes, ácidos, sal, etc.) se depositem por muito tempo nas suas superfícies. Quando são usados detergentes com soluções alcoólicas, cloro/cloretos, com elevado ph ou outro tipo de agente (produtos de limpeza que incluam por exemplo lixívias) que não seja água (H2O), estes elementos entram em contacto e ficam depositado numa peça de aço inoxidável e origina que estes elementos “reajam” com a superfície do aço inoxidável, criando crostas e o respectivo mau aspecto, permitindo que as mesmas sejam confundidas com oxidação.